2017-05-17

'Posso ser um bom empregado e mau empreendedor?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 17/05/2017, com um ouvinte que tentou ser empreendedor, mas sua primeira tentativa não deu certo.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Posso ser um bom empregado e mau empreendedor?'

empreendedor fracassado

Um ouvinte escreve: "Eu e meu irmão estamos trabalhando, cada um em uma empresa. Ganhamos o suficiente para vivermos com certo conforto, mas nós dois sempre procuramos algo que nos permitisse dar um salto maior em nossas carreiras. Por isso, faz dois anos, decidimos abrir um negócio próprio.

Imaginávamos que tínhamos conhecimento suficiente para isso, tanto no comércio quanto na administração, mas descobrimos que não. O negócio não decolou e tivemos que encerrá-lo, com algumas dívidas a pagar. Pagamos, mas hoje, eu e ele ainda conversamos sobre o que pode ter dado errado e temos dificuldade em aceitar que somos bons empregados e maus empreendedores."


Muito bem. Há muitos negócios próprios que dão certo e há outros que não dão, como aconteceu com vocês. A maior parte dessas experiências frustrantes se deve a um fato simples: o negócio foi aberto com base no que as pessoas pensavam de si mesmas, como ocorreu com vocês, e não com tudo o que elas deveriam saber antes de começar para fazer o negócio dar certo.

cursos que ensinam isso e o mais conhecido e divulgado é o Empretec do Sebrae. Eu sugiro que vocês dois façam o curso, porque um fazer e contar para o outro não vai funcionar.

Aí, absorvam o conteúdo do curso, esgotem as suas dúvidas com perguntas ao monitor e conversem com outros participantes que também tiveram negócios próprios e desistiram deles. Só depois de ter digerido todas essas informações, é que vocês estarão aptos a decidir se poderão, ou não, serem empreendedores tão bons como têm sido bons empregados.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin